No seguimento do trabalho de rua desenvolvido por voluntários, nas ruas de Lisboa, em 1978, o Pastor Lucas da Silva e o movimento das Assembleias de Deus de Portugal em cooperação com a Cruz Vermelha Portuguesa, adquiriram uma  quinta que viria a ser a primeira Comunidade Terapêutica do Desafio Jovem.

Desde a sua fundação, o Desafio Jovem preocupa-se em conhecer e acompanhar as pessoas nos seus diferentes contextos procurando, desta forma, ajudá-las a encontrar alternativas de vida mais satisfatórias e saudáveis. Consequentemente, tal como o fenómeno das dependências, também o Desafio Jovem foi-se transformando e adaptando às novas realidades, sem comprometer a sua identidade.

Ao longo da sua existência, o Desafio Jovem viveu momentos marcantes que têm constituído a sua história, património fundamental para a construção do seu futuro.

 

1978 - Aquisição de uma quinta em Fanhões, constituindo-se esta como a primeira Comunidade Terapêutica e sede social da instituição.

1981 - Constituição da associação denominada Desafio Jovem (Teen Challenge) Portugal; D.R. Nº 293 III Série, 22-12-81.

1986 - Implementação da Comunidade Terapêutica para utentes do sexo feminino em Salvaterra de Magos.

1988 - Início da equipa de voluntariado – “Operação Josué”.

1989 - Constituição do Corpo Técnico.

1990 - Obtenção do estatuto de IPSS com registo definitivo sob o nº 14/90 no Livro das Instituições com Fins de Saúde.

1991 - Implementação Comunidade de Crise para utentes do sexo masculino em Lourel – Sintra.

1993 - Estabelecido acordo de Cooperação entre o Centro Regional Segurança Social de Lisboa e Vale do Tejo e o Desafio Jovem para utentes em Apartamentos de Reinserção Social.

1994 - Implementação da Comunidade de Crise para utentes do sexo masculino em Castanheira do Ribatejo.

1995 - Criação da Comissão de Ética.

1996/97 - Atribuição das licenças de funcionamento, pelo SPTT, às Comunidades Terapêuticas.

1999 - Atualização do Acordo de Cooperação entre o Centro Regional Segurança Social de Lisboa e Vale do Tejo e o Desafio Jovem para utentes em Apartamentos de Reinserção Social

1997 - Permuta entre a Comunidade Terapêutica em Salvaterra de Magos e a Comunidade de Crise em Lourel, ficando a comunidade terapêutica para utentes do sexo feminino a funcionar no Lourel.

1998 - Implementação da Comunidade Terapêutica para utentes do sexo masculino em de Cucujães – Oliveira de Azeméis

1999 - Implementação da Comunidade Terapêutica para utentes do sexo masculino em Alter do Chão

2006 - Conversão da Comunidade Terapêutica em Fanhões para Comunidade de Inserção.

2009 - Conversão da Comunidade Terapêutica de Cucujães em Comunidade Mista

2009 – 2015 - Até à data a atividade tem sido centrada na adequação das respostas terapêuticas às alterações resultantes de modificações legislativas e do contexto socioeconómico.