Meu nome é Belmiro de Jesus, filho de mãe moçambicana e pai madeirense. Nasci na Ilha da Madeira em 1975 logo após os meus pais terem retornado de Moçambique, após o 25 de Abril.

Com apenas oito anos, e depois o meu pai ter morrido viemos para o continente, eu a minha mãe e os meus três irmãos. A família do meu pai sempre foi contra o relacionamento dos meus pais, então após a sua morte a minha mãe decidiu vir, visto não ser aceite pela família. Isto fê-la entrar em colapso.

Sem o meu pai e sem a sua autoridade envolvi-me com drogas e todo o tipo de crime. Enquanto isso e num espaço de quatro anos a minha mãe e os meus três irmãos faleceram.

Devido ao mundo em que me meti, drogas, crime, acabei por ser preso e pensei que fosse o fim. Preso, sozinho e sem família não conseguia perspetivar qualquer tipo de futuro.

Entretanto, conheci o Desafio Jovem através do trabalho que faziam na prisão. Percebi que havia algo diferente nestas pessoas. Fui aceite por elas, apesar de conhecerem o meu passado e isso cativou a minha atenção. Comecei a frequentar as reuniões, conheci a Palavra de Deus e acabei também por encontrar o Senhor e decidi entregar-Lhe a minha vida.

Gradualmente a minha vida foi mudando. Milagres aconteceram. Dei entrada no Desafio Jovem, na comunidade de Cucujães onde estive 14 meses a fazer o programa vindo depois para a comunidade de Inserção em Fanhões. Arranjei o meu 1º emprego querendo tornar-me uma pessoa autónoma e digna perante a sociedade, mas depois de algum tempo Deus tomou a liberdade de me relembrar dum compromisso que tinha com Ele, SERVI-LO.

Deixei o meu trabalho e ingressei na equipa de voluntários do Desafio Jovem, a Operação Josué onde estou há nove anos e agora também faço parte da equipa que faz trabalho nas prisões inclusive na que estive preso.

Casei, sou um homem feliz e Deus tem cumprido as suas promessas na minha vida, uma delas é também ser pai.

 

Deus é Fiel e o que Ele fez na minha vida também acredito que fará na vida de quem estiver disposto a entregar-Lhe o seu coração.