O meu nome é Pedro Canito, tenho 45 anos, sou casado com a Anita e tenho dois filhos, a Noemi com 11 e o Tomé com 5 anos. Sou pastor na Igreja Evangélica Reviver e, neste momento, responsável pela nossa congregação de Elvas.

Nasci e cresci numa família perfeitamente normal e sempre fui amado pelos meus pais. Tive uma infância e adolescência muito felizes e apesar de ter recebido a melhor educação, de ter sido um bom aluno e até um desportista, tudo isso não impediu que caísse nos vícios do álcool e das drogas, aos quais vivi “amarrado” dos 18 aos 25 anos. Durante 7 anos a minha vida entrou numa espiral descendente e desisti dos meus estudos universitários, deixei toda a atividade desportiva e perdi, por completo, o amor-próprio…

Com 25 anos de idade vi-me completamente perdido e, em desespero, confessei a minha toxicodependência aos meus pais que, prontamente, se dispuseram a ajudar-me. Por indicação do meu avô, dirigimo-nos à instituição Desafio Jovem em Fanhões e foi-nos indicado o Café Convívio da igreja de Santo António dos Cavaleiros.

Dirigi-me com os meus pais àquele lugar e falaram-me acerca da esperança que havia em Jesus Cristo. Fez todo o sentido na minha vida! Vi ali muitos jovens recuperados e em processo de recuperação e lembro-me de ter pensado: “Se eles conseguiram, porque não haverei eu de conseguir?”… Voltámos para casa muito esperançados e hoje percebo que era a fé que “move montanhas” a encher os nossos corações!

Entrei no programa do Desafio Jovem, na comunidade do Lourel em Sintra, decidido a ser um novo homem e a mudar, com a ajuda de Deus, o rumo da minha vida. Vi e senti o amor de Deus naqueles que me receberam, conselheiros e alunos, e cedo entreguei a minha vida a Cristo, recebendo de maneira miraculosa o perdão dos meus pecados e a salvação prometida aos que colocam a sua fé Nele!

Não foram tempos fáceis, tempos de transformação de carácter e de mentalidade. Tempos em que foi necessário confessar a minha incapacidade de maneira a poder ser ensinado por Deus e por aqueles que Ele havia colocado como tutores da minha vida. Foi nesse período que aprendi a orar, a ler e meditar na Bíblia, a Palavra de Deus, o valor de viver em comunidade e a obedecer ao que Deus pedia de mim.

Senti, desde logo, um desejo muito grande de ajudar aqueles que chegavam à comunidade, de ser útil e produtivo nas minhas tarefas diárias de modo a contribuir para o avanço do Reino de Deus. O Senhor estava, claramente, a chamar-me para servi-Lo!

Quando terminei o programa fui trabalhar para uma empresa e envolvi-me com a minha igreja local, colaborando em tudo o que me era possível. Ingressei na Operação Josué, o “braço” evangelístico do Desafio Jovem e no Instituto Bíblico Monte Esperança em Fanhões como forma de preparar-me para melhor servir a Deus. Depois fui cooperador no Centro de Fanhões enquanto prosseguia os meus estudos bíblicos. Foi um tempo de grande aprendizagem e onde tive o privilégio de ver muitos homens serem transformados pelo poder de Deus!

Após a minha graduação do Instituto Bíblico e o meu casamento com a Anita, que havia deixado a sua profissão de professora para servir no Desafio Jovem juntamente comigo, foi-me feito o convite, pela minha igreja, para trabalhar como co-pastor. Senti-me muito feliz e honrado e, após orar ao Senhor, aceitei o desafio. Mais uma vez via cumprir-se a Palavra de Deus que afirma: “Aquilo que o olho não viu, nem o ouvido ouviu, nem sequer subiu ao coração do homem, são essas coisas que Deus preparou para aqueles que o amam” (I Co. 2:9).

Durante três anos colaborei no trabalho pastoral na nossa igreja em S.A.C. até que surgiu a necessidade de um pastor na nossa congregação em Leiria. Percebemos direção da parte de Deus e fomos com a nossa filha, de ainda apenas 9 meses, servir ao Senhor e à Sua igreja no centro do país, onde estivemos 10 intensos anos, tendo também dado início a uma nova congregação em Fátima.

Há 9 meses, após cumprido um ciclo em Leiria, viemos pastorear a nossa congregação de Elvas, havendo a Anita ficado colocada numa escola da cidade. Deus tem enchido o nosso coração de amor por este povo alentejano e estamos certos que veremos o Senhor da Vida transformar a vida de muitos! Queremos continuar a cooperar com Ele nesta grande ceifa que está a acontecer por toda a face da Terra!